Em busca da Ecotopia...

Aranhas + Nanotubos = Super Teias!

Publicado por focs em 14/05/2015 às 14h14

Já se sabe que as teias de aranha estão entre os materiais mais resistentes que conhecemos. Cientistas conseguiram produzi-las ainda mais resistentes ao borrifar água com nanotubos de carbono e flocos de grafeno sobre aranhas.

De acordo com reportagem do MIT Technology Review, a super teia resultante é o material mais resistente já estudado, com força e dureza superior a qualquer outro coisa possível até então. Parece até algo saído de um gibi da Marvel, mas há ciência por trás explicando a história.

Sabendo-se que as aranhas conseguem fazer uma fibra de proteína que é super resistente e elástica, uma equipe da Universidade de Trento na Itália resolveram ver se conseguiam melhorar a natureza, fazendo um material ainda mais resistente.

Eles pegaram 15 aranhas to tipo Pholcidae e borrifaram sobre cinco delas água contendo partículas de grafeno e nas outras 10 borrifaram água contendo nanotubos de carbono. Eles pegaram amostras da fibra destas aranhas antes e depois do experimento e as testaram para avaliar tensão de ruptura, módulo de resistência e módulo de Young, que avalia a rigidez de um material elástico.

Após submeter as amostras a testes de altíssima resolução, de maneira geral os resultados foram excepcionais e análises espectroscópicas indicaram a presença dos materiais a base de carbono nas fibras coletadas após a realização do experimento. A fibra resultante tinha características superiores a fibras poliméricas sintéticas de alto desempenho (como Kelvar49).

Os pesquisadores ainda não determinaram como as partículas de grafeno e os nanotubos de carbono foram incorporados à teia, mas acreditam que as aranhas ingiram a água e a utilizam ao produzir a fibra da teia. Isto porque os nanotubos e a partículas de grafeno não estão apenas na superfície da fibra mas no interior da mesma.

Se conseguirem descobrir uma maneira de replicar este processo de maneira confiável e produzir o material em larga escala, o potencial é enorme e poderia ser utilizado para criar materiais com capacidade condutiva que, ao mesmo tempo, oferecerem resistência e flexibilidade.

Os desafios são imensos já que não há um modo desenvolvido para se coletar fibra de aranhas, apesar de inúmeras tentativas.

A equipe pretende realizar o mesmo experimento em bichos-da-seda, na esperança de desenvolver uma gama de "materiais biônicos."

Traduzido por FOCS - Fonte ScienceAlert
Categoria: Ecologia e Meio Ambiente, Materiais
Tags: grafeno, nanotubos de carbono

voltar para Em busca da Ecotopia...

left show tsN fwR|left tsN uppercase fsN fwB|show fsN uppercase right fwB|bnull|||login news normalcase c10|fsN fwR c10 normalcase|normalcase c10|news login fwR c10 normalcase|tsN fwR c10 normalcase|fwR normalcase c10|content-inner||